Brasil | Itália, Cidadania Italiana, Todos os posts

10 vantagens de ser cidadão italiano

29 dez 2017  |  0 comentários

 

 

Desde que comecei a trabalhar efetivamente com cidadania italiana, isto é, desde que montei, junto com a Carol, o Nacionalitália é que comecei a perceber que o mundo da cidadania é um mundo a parte, um universo paralelo. Minha experiência com cidadania tornou-se de fato profissional com o site e com este blog mas, informalmente, já percorri uma longa estrada neste assunto mas, essa percepção de universo à parte veio há pouco tempo.

Pessoas que estão envolvidas com cidadania italiana de alguma forma, ou por estarem na fase de reconhecimento da sua própria, ou começando as pesquisas, tem até um vocabulário próprio, conhecem a fundo todo o processo, as fases mais críticas, os macetes, estas estão todas vivendo no “mundo da cidadania italiana” mas, existe um contingente enorme de pessoas que nem imagina o que seja isso, não vislumbra a grande vantagem que é ser cidadão italiano, então, para essas pessoas, preparei esta lista incrível com 10 vantagens de ser cidadão italiano. Se você, como nós, está no universo da cidadania italiana, partilhe com sua rede e nos ajude a ampliar as fronteiras desse nosso mundo com mais gente!

Várias pessoas me procuram para que eu conte um pouco como tem sido a minha experiência de mudar de vida, de deixar a vida corporativa em São Paulo para viver na Itália e o questionamento mais recorrente é: “o que precisa para morar na Itália?” A minha resposta é sempre a mesma, coragem, ter documentos e falar italiano, nesta ordem!

A coragem é fundamental pois, por mais que sejamos descendentes de italianos, tenhamos costumes familiares herdados nos nossos avós, mudar de país, mudar de clima, de costumes, de idioma é um desafio enorme e requer muita garra. Coragem para planejar, para estruturar um projeto de vida voltado a essa mudança. É essa coragem que nos move. Foi essa coragem que me trouxe até a Itália e que me impulsionou para me organizar meticulosamente para a mudança.

Quanto aos documentos, o que posso afirmar categoricamente é, não saia do Brasil sem ter sua situação legalizada. Viver na clandestinidade é um risco enorme e a Europa está ficando cada vez mais rigorosa nos seus controles. As autoridades européias divulgaram recentemente que foram emitidas 303 mil ordens de expulsões contra estrangeiros vivendo de forma irregular no continente em 2016. O Brasil figura entre as dez nacionalidades com o maior número de deportações do continente. No primeiro semestre deste ano, 3,1 mil ordens judiciais foram emitidas por tribunais nos diversos países do bloco estipulando o retorno dos brasileiros. Nos seis primeiros meses de 2016, foram 2,3 mil: um aumento de 37% de um ano para o outro. Além disso, viver na clandestinidade é degradante; não se tem acesso à serviços de saúde, educação, além de deixar a pessoa exposta a situações humilhantes, então, se existe algum indício que você tenha um antepassado italiano, percorra essa pista. Nos conte sua história que nós podemos ajudar você a seguir adiante.

Por último mas não menos importante, se você tem intenção de um dia viver na Itália, aprenda o idioma. Comunicar-se bem faz parte do sucesso da sua integração e adaptação àquele país!

Vamos à lista então:

 

 

 

 

E você, já começou seu projeto de mudança?

 

Arrivederci!

Há uma mulher na minha linha ascendente. E agora?
Restaurantes com Certificação Italiana no Brasil