Descubra agora se você possui alguma origem italiana - Nacionalitália
Cidadania Italiana, Todos os posts

Descubra agora se você possui alguma origem italiana

2 comentários

Os descendentes de italianos podem, potencialmente, serem reconhecidos também cidadãos italianos. Esse é o princípio do Iure Sanguinis.

A chamada cidadania italiana por descendência prevê que todo filho de italiano é italiano e por esse princípio, se você tiver um antepassado italiano pode também ter direito ao reconhecimento da cidadania italiana e aproveitar todas as vantagens que ela proporciona.

Na prática, a regra geral é simples: basta que você tenha um antepassado nascido na Itália que possa transmitir a você a cidadania italiana.

Você já parou para pensar que temos 4 avós, 8 bisavós, 16 trisavós e 32 tetravós? Isso significa que qualquer um desses antepassados podem transmitir a você o direito ao reconhecimento da cidadania italiana. O seu trabalho é descobrir quem deles é o SEU italiano. Essa pessoa, que transmite esse direito à você é chamada dante causa.

Não há limite de gerações e nem restrições para homens ou mulheres, isto é, esse antepassado pode ser seu pai ou mãe, seu avô ou avó, bisavô ou bisavó, trisavô ou trisavó e assim por diante.

É possível também pular gerações, ou seja, para você ser reconhecido, não é preciso, por exemplo, que seu pai seja reconhecido antes de você.

Neste artigo vamos dar algumas dicas importantes que vão ajudar voc6e a descobrir se tem algum antepassado italiano e se tem direito ao reconhecimento.

Construa sua árvore genealógica

A forma mais eficiente de entender se você tem direito ao reconhecimento é construir a sua árvore genealógica.

A genealogia é uma parte da história que tem o objetivo de registrar as raízes de uma determinada família e suas linhas ancestrais. Historicamente, o seu estudo sempre foi importante, já tendo sido utilizada para propósito como reinvindicação de heranças, rastrear o destino de famílias afetadas por desastres naturais ou outros eventos inesperados. Durante as guerras, principalmente na Segunda Guerra Mundial, diversas famílias foram deslocadas de suas casas ou desapareceram em meio aos combates.

A árvore genealógica é ainda uma excelente ferramenta para aquelas pessoas que buscam a sua própria identidade ou têm curiosidade quanto às suas raízes culturais. Serve também para demonstrar seus laços de parentesco com antepassados italianos capazes de lhe transmitirem o direito ao reconhecimento da nacionalidade italiana, aliás, a árvore genealógica é um dos documentos que deve ser apresentado perante a administração pública italiana para demonstração desse direito.

Conhecendo seus antepassados

Entender sobre seus antepassados, em um contexto histórico, social, cultural e político, pode fornecer informações valiosas sobre seus ancestrais, como suas motivações, ideias e propósitos. Isso permite que você consiga fazer uma conexão da memória pessoal da sua família com os outros eventos significativos que marcaram a história da humanidade.

Os sobrenomes não eram utilizados até o ano 1.000, durante a Idade Média. A partir daí, vários fatores, como religião, demografia, ocupação, apelidos, abreviações e traduções, criaram os primeiros grupos de sobrenomes. Com as grandes navegações e as recentes imigrações, alguns desses nomes foram modificados, criando novos sobrenomes.

Estudar a origem do sobrenome de uma família e as suas variações ao longo da história é uma tarefa desafiadora e prazerosa. Muitas pessoas veem o estudo da genealogia da própria família como um hobby gratificante e fascinante, que dá uma ampla visão sobre as suas próprias origens.

A Árvore genealógica

A árvore genealógica é um gráfico que representa todos os membros de uma família, ao longo das gerações, e as relações umas com as outras. Esse diagrama é criado a partir de registros históricos locais, nacionais e internacionais, e, com ele, é possível contar a história de uma determinada família.

Algumas pessoas optam por criar uma árvore genealógica colocando os antepassados como as “’raízes” e os descendentes como os vários “ramos”. Essa opção é a mais indicada para aqueles que já têm os detalhes dos seus ancestrais e preferem começar com eles, sendo a base da árvore.

Existem várias ferramentas disponíveis na internet, além de empresas especializadas em pesquisar informações e documentos históricos para tornar a representação genealógica o mais fiel possível.

Como desenhar a sua árvore genealógica?

A maneira mais fácil de começar uma árvore genealógica é reunindo as informações da sua família imediata. A primeira pessoa a ser colocada nessa árvore genealógica deve ser você, e o restante é criado a partir desse ponto inicial. Consulte nosso modelo gratuito de árvore genealógica para você baixar e preencher 🙂

Consulte a sua certidão de nascimento, nela você irá encontrar o nome dos seus pais e os nomes de seus quatro avós. Suponhamos que você tenha uma pista que a sua ascendência italiana venha do lado do seu pai. Comece sempre pela linha que você suspeita que tenha origem italiana. Na certidão de nascimento dele irá constar o nome dos seus avós (pais de seu pai) e dos seus bisavós (avós de seu pai). Olha que bacana, nesse nosso exemplo, você já consegue visualizar os nomes de suas gerações acima de você. Basta ir seguindo as informações que estão nos documentos. Normalmente você encontrará nas certidões dados como locais de nascimento, datas. A partir daí você deve seguir a mesma lógica e ir subindo nas gerações até encontrar o seu antepassado que nasceu na Itália.

Se você tiver mais de uma ascendência, teremos que analisar juntos qual delas é a mais vantajosa de seguirmos ok?

A partir desses dados coletados, você pode começar a traçar uma linha ancestral da família e ir preenchendo os campos com base nas informações que você coletou.

Consulte seus pais, tios e avós, perguntando sobre seus parentes, procurando informações sobre nascimentos, batismos, casamentos e enterros. Saiba que as histórias de família são importantíssimas fontes para nossa pesquisa.

Reúna documentos, faça pesquisas na internet e consulte cartórios para alimentar a sua árvore genealógica com mais dados.

Você, seus pais ou avós tem um sobrenome italiano?

Faça uma busca no maior site de sobrenomes italianos no mundo: Cognomix A navegação é super simples e embora esteja escrito em Italiano você não terá dificuldades em acessá-lo. Basta clicar em Mappe dei Cognomi e digitar o sobrenome no campo COGNOME e depois clicar na lupa (cerca). Ele realiza rapidamente uma busca e se o sobrenome for italiano ele irá apontar as regiões italianas nas quais o sobrenome que você digitou mais aparecem.

Esse site reflete a lista telefônica da Itália nos dias de hoje então, se você não encontrar seu sobrenome por lá, não significa que você não tenha origem italiana. É apenas uma ferramenta para ajudar você nas suas pesquisas.

Quando identificar o tal italiano ou italiana, basta nos enviar as informações que você reuniu que teremos a maior alegria em analisar e definirmos juntos a melhor estratégia para o seu reconhecimento. nosso email é contato@nacionalitalia.com.br

Siga as telas:



E quem tem direito ao reconhecimento da Cidadania Italiana? Descubra clicando aqui!

Arrivederci!

Lista de Convocados é liberada pelo Consulado de BH!
Consulado de SP divulga lista de convocados para Cidadania Italiana
@nacionalitalia

Quem Escreve

Claudia Scarpim
Claudia Scarpim

Claudia Scarpim

Italo-brasileira, advogada por formação e apaixonada por genealogia e pela história da imigração italiana para as Américas. Resolvi deixar a vida corporativa de São Paulo, para viver na Itália e ajudar outras pessoas a realizarem o sonho de resgatar sua história e suas origens e conseguir a cidadania italiana!