Cidadania Italiana

Existe limite de gerações para o reconhecimento da cidadania italiana?

20 maio 2019  |  0 comentários

Cada país europeu tem suas peculiaridades no tocante ao reconhecimento da nacionalidade dos descendentes de seus cidadãos emigrados. 

Portugal, por exemplo, restringiu o reconhecimento da nacionalidade portuguesa até netos enquanto a Itália não estabelece, nas regras atuais, limites de geração. Isto é, você pode ser filho, neto, trisneto de italianos e assim sucessivamente.

Ocorre que existe um fator temporal que pode impactar esse conceito. A Itália existe como país unificado desde 1861, antes disso, eram vários reinos independentes que compunham a Península itálica. Quando houve a unificação, os cidadãos desses reinos passaram a ser italianos.

Todos aqueles que morreram antes de 1861 não eram italianos, e sim servos (ou súditos) dos reinos dos quais eram originários. 

Assim, o seu dante causa precisa ter vivido na Itália já unificada para que fosse considerado cidadão italiano e portanto pudesse transmitir essa nacionalidade aos seus descendentes.

O processo de unificação da Itália que começou na segunda metade do século IXI e terminou com a anexação do Veneto.

O que impacta portanto, não é quantas gerações esse seu antepassado está distante de você mas se ele viveu na Itália unificada, nem que fosse por um único dia. Se ele faleceu antes 17 de março de 1861 ou, se nascido na região do Veneto, faleceu antes de 22 de outubro de 1866, você não terá direito ao reconhecimento da cidadania italiana.

Nos últimos anos, uma série de iniciativas legislativas surgiram no sentido de tentar restringir o número de gerações, todos elas sem sucesso.  

O que você aprendeu neste artigo:

  • Não há limite de gerações para transmissão da cidadania italiana
  • A Itália existe como país unificado desde 1861
  • O seu antepassado italiano, para lhe transmitir a cidadania, precisa ter vivido na Itália unificada

Arrivederci

Dante Causa ou Antenato? Qual o termo correto?
Como saber se o seu antepassado italiano se naturalizou brasileiro?